Ministério do Turismo, Secretaria Especial da Cultura e Governo do Estado de São Paulo,
por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa,
e Paiol Produções Artísticas apresentam

OLHAR FOTOGRÁFICO

Wilian Aguiar

Descrição

Uma pergunta foi feita por um amigo a Wilian anos atrás: O que é uma boa fotografia? Wilian ficou durante dias sem a resposta para tal pergunta, mas foi um grande marco para que ele iniciasse uma pesquisa para criar um material para suas aulas de fotografia, algo que pudesse responder a uma pergunta tão desafiadora.

Nesta oficina ele irá compartilhar com os participantes as suas crenças e estudos de fotografia durante os últimos 17 anos.

Serão abordados temas como formas, cores, psicologia das cores, contexto, contraste (composição), estruturas repetitivas, texturas, distribuição de elementos, equilíbrio, proporção, equilíbrio dinâmico, horizontais e verticais, perspectiva e profundidade, momento, contexto, elementos de moldura, sombras, reflexos, foco, movimento, figura e plano, conteúdo, exposição, intenção e processo.

Serão também usados textos, frases, pensamentos e poesias para a ampliação da visão sobre os tópicos acima citados.

Metodologia

Com textos e trabalhos de fotógrafos e de exemplos de fotografias do autor e outros, serão apresentados os conceitos a serem discutidos. Nas duas primeiras aulas serão discutidos os conceitos apresentados acima.
Na terceira aula, o material produzido pelos participantes (cada aluno deverá apresentar até 24 fotos) será analisado para escolhas das imagens quer irão compor a exposição do festival.

Estrutura Necessária

A oficina será desenvolvida em formato on-line (via plataforma Zoom).
Os alunos deverão participar a partir de um computador.

Datas e horários: 08 e 09 de março, das 18h30 às 21h30
e 13 de março, das 15h às 18h

Sobre Wilian Aguiar

Wilian AguiarFotógrafo e também idealizador do Festival Paiol de Fotografia, iniciou seus estudos em fotografia em 2003, na Visual Arts – Rio de Janeiro. Desde 2005, dedica-se à fotografia de espetáculos, tendo realizado trabalhos em dança para a Cia. Siameses, de Maurício de Oliveira; Balé da Cidade de São Paulo;
O Viga, de Sônia Oliveira, além de diversos espetáculos da São Paulo Companhia de Dança. No teatro, fotografou Bibi Ferreira, Juca de Oliveira, Paulo Gracindo Júnior, Bárbara Paz, Luana Piovani. Também fez os registros dos musicais Os Produtores (2008), de Miguel Falabella; Rock Show (2008), de Wolf Maya; e Meu Amigo, Charlie Brown (2010), de Leandro Luna.
No cenário musical, realizou trabalhos para festivais de música e artistas como Ana Carolina (Ana Carolina e Seu Jorge); Roupa Nova – Acústico 2 (2006); Roupa Nova em Londres (2009); Emmerson Nogueira; Jota Quest; Sideral; BMW Jazz Festival; Padre Marcelo Rossi; SWU 2011 (Faith No More, Duran Duran, Lynyrd Skynyrd); Maquinaria 2009 (Faith No More, Janes Addiction, Deftones, Sepultura, Evanescence); Simple Plan e Billy Paul.